18 de dezembro de 2015

Novos planos para novos anos e novas mentalidades

Há duas alturas do ano que são importantes para mim, no que aos objectivos diz respeito: o mês de Setembro e o fim de Dezembro/início de Janeiro.
É quando recuo no cenário para ver o aspecto global da questão. Tiro as minhas notas, as minhas conclusões, risco objectivos cumpridos, traço novos objectivos e novos caminhos. Para este fim de ano a coisa vai ser um pouco diferente. A verdade é que mudei muito neste ano e, com isso, veio uma nova consciência, uma nova mentalidade, uma nova realidade. Por isso, tudo vai ser considerado de modo diferente, mais prático, mais funcional, mais natural, mais ecológico, a pensar mais em mim, em nós, na nossa felicidade e na nossa saúde física e mental.
Tenho já mais ou menos escrito ao pormenor os passos para conseguir concretizar estes objectivos, mas as linhas gerais são estas:

  • Alimentação crúdivegana
  • Meditação Mindfulness diária
  • Cuidar do corpo
  • Tornar a casa mais minimalista, zen e confortável
  • Tornar a casa mais montessoriana
  • Reduzir o orçamento mensal para as compras
  • Colocar a empresa a funcionar a 100%

Nada é impossível, nada tem um objectivo quantitativo (é tudo relativo, desde que seja um pouco mais que o ano anterior, já será uma conquista), nada impõe muita pressão. Ainda assim, vou imprimir os passos que escrevi e pendurar no escritório, para poder ver rapidamente a qualquer hora do dia, e vou deixar aqui na barra lateral, para me ir lembrando e ajudando a focar. Vou também partilhando convosco os sucessos e insucessos, porque este blog é isso mesmo, sobre o meu percurso nesta nova fase da minha vida, uma fase em que me começo a sentir mais consciente de tudo, de mim, do Mundo, do Cosmos. Como sou um bocado ansiosa, não consigo esperar pelo dia 1 para começar a pôr os planos em acção, por isso já comecei algumas coisas (acho que assim até é mais natural e a pressão diminuí muito). Fazendo um ponto da situação:

Alimentação crúdivegana - como o verão foi horrível, perdi a maior parte do trabalho que tinha feito, tive que voltar à fase da transição de novo. Neste momento a minha alimentação consta do seguinte: alguma fruta (embora pouca), vegetais, arroz e massas (ainda com glúten, vou passar agora a usar sem glúten), frutos secos, algum pão de vez em quando e ainda consumi iogurtes e queijos algumas vezes, mas já há uns 4 dias que não consumo nenhum deles. Quando deixar definitivamente o pão, lacticínios e glúten, passo às refeições crúas. Estou, portanto neste momento, com sinais de detox.
Meditação Mindfulness diária - comecei à dois dias, com o maridão, antes de ir para a cama relaxamos com a ajuda de uma aplicação que nos está a guiar. Mas preciso de outra fonte melhor, aquilo só tem 10 sessões e sinto que é muito leviano, pouco explorado, mesmo sendo para um newbie.
Cuidar do corpo - voltei a fazer a esfoliação corporal com bicarbonato e vou começar hoje a fazer o oil pulling.
Tornar a casa mais minimalista, zen e confortável - bem, aqui ainda não fiz quase nada. Comprei umas velas, uns incensos e comecei a olhar à volta e a pensar bem nas coisas, para depois fazer uma lista com as coisas da casa que são para manter, guardar em caixas e vender/trocar/doar. Acho que faço a lista ainda hoje.
Casa montessoriana -nada de novo nos últimos dias. O móvel que era para vir para a cozinha já não virá. É demasiado pesado para subir com aquilo às costas, sem elevador.
Orçamento mensal para compras - bem, nos últimos meses alterámos o modo como fazemos as compras do mês no supermercado e as coisas têm melhorado bastante.
Empresa a funcionar a 100% - ainda não está. Ficou um bocado parada porque, felizmente, apareceu trabalho e projectos, e está em segundo plano na esfera profissional. Assim que for possível, retomamos.

Sem comentários:

Enviar um comentário